Resenha: A 5ª Onda

Olá pessoas, tudo bom?

image001-1

Finalmente Dezembro começou! Eu adoro o Natal e antes da qualquer coisa queria saber se vocês tem algum sugestão de conteúdo de Natal pra eu postar aqui no blog. Se tiverem deixem nos comentários, tá?

Agora vamos para o que interessa.

Porque eu li: Eu sempre ouvi falar muito bem desse livro e estava doida pra ler. No entanto, há algum tempo quando eu estava procurando para comprar, ele estava esgotado em TODOS os lugares possíveis (não está mais, inclusive a Editora Fundamento, que publicou o livro no Brasil, vai lançar capas especiais do filme). Então acabei desencanando, até que vi ele disponível no Audible. E, sem querer, acabei lendo esse livro de ficção científica também no meu mês “Sci-FI”.

Como eu li: Eu ouvi esse livro em AudioBook pelo Audible enquanto fazia academia. rsrsrsrs. Continuo amando as narrações.

O espaço: O livro se passa nos Estados Unidos, em vários locais que agora esqueci o nome e que não posso checar porque não tenho o livro físico.

tumblr_ncol9olz9m1s591mto1_500

A história: Cassie acredita ser a última sobrevivente de um ataque alienígena na Terra. Inesperadamente, e sem motivos aparentes, uma nave alienígena um dia surge na órbita da Terra e permanece ali. Qualquer tipo de contato é inútil. Então, por meio de quatro “ondas” com características diferentes, esses invasores conseguem dizimar os humanos para se apossar de nosso planeta.

Personagens:

0ee158dbc7355d328a654c42db3adb36Cassie Sullivan – Cassie é uma garota de 16 anos totalmente comum, a não ser talvez pelo seu nome Cassiopeia,  que vive com os pais e o irmão mais novo Sam. Sua vida muda drasticamente quando uma nave alienígena “estaciona” na órbita da Terra. Tendo que sobreviver sozinha, ela narra em seu diário como a vinda desses invasores foi mudando tudo e todos ao seu redor, como por pura sorte ela sobreviveu as 4 ondas de destruição e como se separou de sua família. Desde então, Cassie vive escondida em uma floresta com medo e desespero de ser morta, e ao mesmo tempo com a esperança de ver seu irmão novamente e cumprir a promessa que fez a ele.

Sam Sullivan – Sam é o irmão mais novo de Cassie. Durante a quarta onda eles acabam se separando, mas não antes de Cassie prometer que eles iriam se encontrar de novo. Sam é então a fagulha que mantém Cassie viva e lutando. Ela sente que tem um dever com seu irmão, por ser na ausência de seus pais a responsável por ele, e também por causa de sua promessa.

Eu gostaria de falar de mais alguns personagens, mas acho que poderia ser spoiler, então eu não sei.

bc76673ab40f646e641c1f8540b2d131Desenvolvimento: Apesar de ser uma história de sobrevivência contada por “uma pessoa”, o desenvolvimento é bem dinâmico e nada lento. A história intercala o presente e o passado de Cassie, assim como cenas de ação e de introspecção. Pouco a pouco, a história vai apresentando novos personagens e suas vidas paralelas a de Cassie. Gostei muito como o autor quebra a monotonia que poderia ser sua história com eventos e acontecimentos muito inesperados.

O que eu achei: Eu gostei de muitos pontos do livro, como: o tempo praticamente psicológico da história, os acontecimentos fora de ordem (mas que não confundem o leitor), os personagens que apesar de distantes tem um paralelo entre si, da escrita do autor, etc. Gostei muito (embora considere uma coisa básica) que o escritor soube fazer as vozes dos personagens serem diferentes, mesmo que narradas na primeira pessoa (Veronica Roth leia Rick Yancey e aprenda como faz!).

images (1)O desenvolvimento da história foi muito legal e interessante. Mesmo quando o autor chegava àquelas situações impossíveis de se resolver, ele conseguia fazê-lo de uma maneira ao mesmo tempo interessante e surpreendente, nada de clichês. Mas o livro tem uns clichês sim. Só que eu achei muito legal o jeito como o autor “trabalha” esses clichês, porque quando você está lendo não te faz revirar os olhos de maneira nenhuma.

Muita gente está comparando com Jogos Vorazes e Crepúsculo e dizendo que agora é “a vez” dos alienígenas. Acho que às vezes as pessoas esquecem que os livros YA vão sempre ter personagens da mesma idade, portanto que enfrentam os mesmos conflitos e problemas na vida, não é mesmo? Então, parem de comparações chatas. Porque sim têm coisas iguais e sim é muito diferente. Adorei o fato de ser ficção científica, porque é um gênero que tem muita pouca coisa por ai.

4b5445387827158d5b9c109a747c8e2dConsiderações finais: O livro tem uma pegada muito humanista da invasão alienígena. Semelhante para mim a The Walking Dead e Lost, o foco são as lutas e batalhas internas dos personagens, não externas, embora isso não seja feito de uma forma chata e monótona. Eu nunca gostei tanto de estar dentro da cabeça de personagens e saber exatamente o que eles estão pensando em determinadas situações, geralmente isso é chato e repetitivo, mas Rick Yancey soube fazer muito bem.

Também vale a pena citar a simbologia da história que geralmente é um aspecto que não vejo muito em YA. O urso que a personagem carrega pela história inteira, o soldado do crucifixo, etc tem significados muito legais que torna o livro interessante para um leitor mais maduro. Gosto muito quando os autores utilizam-se  de elementos simbólicos para construir a história. Me dá a impressão de algo bem trabalhado e pensado. Leva o romance a outro nível. E principalmente abre o romance para outros tipos de público.

13951966

Olha que escrita maravilhosa desse autor.

Eu dei 5 estrelas para essa história e estou ansiosíssima para o filme que estréia em janeiro de 2016.

first-looks-at-the-5th-wave-trailer-and-movie-poster-image-edited-by-me-602755

Gostei tanto que já li a continuação: O mar infinito. Pretendo postar logo a resenha dele.

Vocês já leram Rick Yancey? Se sim, o que acharam? Se não, querem ler?

Beijos e até o próximo.

Disclaimer: Como não tinha o livro físico para tirar fotos, acabei pegando essas imagens no Google Imagens. A maioria é do próprio site e divulgação do filme. Mas, caso alguém tenha feito alguma dessas imagens e se sinta prejudicado, por favor entre em contado para eu atribuir os direitos autorais ou tirar a imagem do post. Obrigada.  
Anúncios

2 pensamentos sobre “Resenha: A 5ª Onda

  1. Pingback: Os Melhores de 2015 | Imagine Labirintos

  2. Pingback: Filme: A 5ª Onda | Imagine Labirintos

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s