Série terminada: Feita de Fumaça e Osso

DSC00763

Olá pessoal,

Estou aqui para compartilhar a minha experiência lendo a Série Feita de Fumaça e Osso da Laini Taylor. Eu já havia feito a resenha do primeiro e do segundo livro aqui no blog (link para a resenha) e prometido uma mini-resenha quando eu terminasse a série.

Eu demorei alguns meses para pegar o livro de conclusão da série Sonhos com Deuses e Monstros porque eu fiquei um pouco desanimada depois de acabar o segundo. Não que o livro seja chato, mas achei meio pesado. A escrita da Laini Taylor, como eu já mencionei na resenha, é um pouco mais rebuscada do que estamos acostumados e ela não tem pressa em escrever suas histórias. Portanto, depois de ler o primeiro e em seguida o segundo, eu tive quase certeza que se eu pegasse o terceiro não iria gostar muito, sabe? Ás vezes, você precisa deixar a história descansar um pouco, sentir saudade dos personagens e foi isso que eu fiz.

DSC00744

Então, em abril decidi voltar à história. Já havia visto muitas pessoas descrevendo o seu desfecho como satisfatório. E não entendia como, mas agora entendo. Foi exatamente o que eu achei. O livro tem passagens de tirar o fôlego, partes surpreendentes e incríveis sim! Foi um final bem legal e interessante. A escrita linda da autora me fez chorar em várias partes. Mas, não foi surpreendente. Foi satisfatório.

DSC00761

Uma coisinha que me incomodou um pouquinho foi o romance. Geralmente, reclamamos pelo excesso, eu reclamo aqui pela falta. Ficamos o livro inteiro esperando e torcendo pela aproximação do casal, mas isso acontece lentamente. Gosto que o livro não é focado no romance, embora este seja o estopim de toda a história, mas o pay-off (quando realmente o casal fica junto) demora MUITO. Literalmente, a autora nos deixa sofrendo (e os deixa sofrendo) até a última página! Achei sem necessidade.

Fora uma parte no finalzinho. Depois que os conflitos que conhecemos da  história principal acaba, e um segundo antes do pay-off do romance, a autora colocou um plot-twist e um outro conflito que eu achei desnecessário. Talvez ela pensasse em escrever um próximo livro pra desenvolver aquela parte ali no finalzinho, mas sendo a conclusão da história achei extremamente desnecessário e só serviu para prolongar o sofrimento dos personagens e dos leitores. Não sei se consegui me expressar corretamente, mas quem leu sabe do que eu estou falando. Por mim essa foi uma falha grave da autora ali. Ela poderia ou ter desenvolvido mais aquele conflito no decorrer do livro, ou simplesmente tirado, e resolvido aquele núcleo da história (Stelians) de uma maneira mais simples.

DSC00762

Mesmo assim, eu gostei bastante do livro. E dei 4,5 estrelas, 5 no Goodreads. Ainda sim, o meu preferido é o primeiro. E eu RECOMENDO demais a série.

Nem preciso dizer que eu gostaria muito que a autora continuasse a história, já que ela colocou todo esse conflito gigante nas últimas páginas do livro era teria espaço para desenvolver outra história, e quem sabe um spin-off. Gostaria muito de ter mais contato com a Karou e o Akiva, eles são personagens incríveis!

DSC00743

Quem já leu, deixe sua opinião para podermos discutir essa série e quem ainda não leu, leia! Eu tenho certeza que você nunca leu nada como essa história.

Beijos e até o próximo.

 

Anúncios

5 livros que você não leu, mas deveria ter lido.

DSC01276

Olá pessoal,

Sabe aqueles livros que não são muito conhecidos, mas um dia você lê e adora? Não são muito falados no booktube, ou no insta, pouca gente conhece; e você não entende como? E aí você pensa: como posso ser a única que conhece esse livro!? Será que só eu li e amei?

Então, hoje eu trago pra vocês as minhas cinco dicas de leitura de livros não tão conhecidos, mas que, na minha opinião, são maravilhosos. Vamos lá?

1.Feita de Fumaça e Osso – Laini Taylor.

DSC01288

Se você já leu meu blog, ou me conhece um pouquinho na vida real, já deve estar cansado de me ouvir falar desse livro. Eu não canso mesmo (hehe) de espalhar por ai o quanto esse livro é maravilhoso! Ele realmente é pouco falado por aí, mas quem leu: amou.

Apesar de ser um livro YA (faixa etária de 14 a 21), a linguagem da Laini Taylor é uma das mais lindas e trabalhadas que eu já li. Parece que você está lendo um clássico. Talvez por isso não tenha agradado as grandes massas, mas se você gosta dessa literatura um pouco mais “pensada”, eu recomendo.

É um livro de fantasia, e se você curte o gênero te digo: você nunca leu uma fantasia tão única quanto essa! Se você quiser saber mais sobre ele, tenho uma resenha completinha e sem spoilers aqui no blog.

2. O Oceano no Fim do Caminho – Neil Gaiman

DSC01285

Este livro se tornou o meu livro preferido da vida. Um romance bem curtinho daqueles que faz você pensar em questões que você nem sabia existirem na sua cabeça, sabe? Ele é um realismo mágico bem estilo Gaiman mesmo, mas ao mesmo tempo diferente de tudo que eu já li, inclusive das obras do autor.

Pelo o que eu vi por aí, esse livro é um caso de amor e ódio. Quem leu ou odiou, ou adorou. Mas também não vejo por aí muito gente declarando amor eterno não, rsrsrs. Também acho que por ser de um gênero complexo, como o realismo fantástico, não é um livro para todo mundo. Apesar de ser um livro tecnicamente infantil, você precisa de uma certa maturidade literária para lê-lo e mesmo assim pode não gostar.

A trama criada por Neil Gaiman é tão simples e tão complexa ao mesmo tempo, tão infantil e tão adulta, que me fez cair apaixonada por essa história. Também recomendo (se você sabe inglês) ouvir o audiolivro narrado pelo próprio Gaiman. Se você quiser saber mais, também tem resenha sem spoilers aqui.

3. Os Três – Sarah Lotz

DSC01281

Este livro me surpreendeu bastante. Eu comprei porque achei a história intrigante e a edição toda preta super linda. Confesso que esperava um mistério interessante, mas nada tão impressionante quanto encontrei.

É um livro meio de mistério meio de terror. Dentro encontramos outro livro que conta a história de uma tragédia misteriosa e vai mostrando suas consequências. Eu fiquei bem impressionada por esse ser um livro de estréia dessa escritora. Imediatamente, eu quis procurar outras coisas dela para ler, mas não tinha na época.

Além da ideia super original, do mistério bem construído e da narração diferente, o que me surpreendeu é que o livro não gira só em torno do que aconteceu, mas nos faz pensar na amplitude que uma tragédia mal explicada pode ter nas pessoas. O romance trata de misticismo, religiosidade, fanatismo e o medo do desconhecido. A resenha que eu fiz dele está aqui no blog, para quem quiser saber mais da história.

4. O Símbolo Perdido – Dan Brown

DSC01287

Não escondo de ninguém que eu gosto muito de Dan Brown. Falem o que falem os haters fanáticos que odeiam o escritor e chamam seus leitores de burros, eu tenho formação e estudos literários o suficiente para saber que não são obras genias, mas também são livros bem escritos e interessantes. Eu particularmente adoro como ele mistura história e simbolismo com as tramas modernas em suas histórias e o defendo como bom escritor.

Apesar de ser um escritor bem famoso, acho que sua obra menos comentada O Símbolo Perdido, é também a sua obra de melhor qualidade! Interessante, não é mesmo? Entre todos os seus livros -sim já li todos- este é o meu preferido. O mais complexo, mais surpreendente das tramas do professor Robert Langdon. Este livro foi um pouco encoberto pelo sucesso de Inferno, que vai ter adaptação cinematográfica e tudo, mas na minha opinião é muito melhor que ele. O vilão é maravilhoso e complexo. A trama super bem amarrada e com partes muito surpreendentes.

5. O Colecionador – John Fowles

DSC01282

Infelizmente, este livro não tem publicação recente aqui no Brasil. Por algum motivo, as editoras pararam de publicá-lo. O que é uma pena, pois é um livro incrível! Por outro lado, você pode encontrá-lo facilmente em sebos e na estante virtual.

Esse romance tem um caráter mais realista e psicológico. É daqueles livros que o autor realmente te coloca dentro da cabeça dos personagens, inclusive do “vilão”, e te mostra que a mente humana é muito mais complexa do que você imagina. Sem perceber, você está simpatizando com o vilão e odiando a mocinha, mesmo sabendo que deveria ser o contrário. Acho muito interessante esse tipo de narrativa que tira a gente daquele pensamento “preto no branco”, e nos faz perceber todas as áreas cinzas ao redor.

Existe um filme famoso da década de 60 com o mesmo nome, o qual foi baseado neste livro. Recomendo muito assistir esse filme e a leitura do livro, pois o livro mostra mais do psicológico dos personagens.

DSC01291

Que livros “desconhecidos” vocês amam e recomendam? Me deixem suas sugestões de leitura.

Beijos e até o próximo.

Os Melhores de 2015

Olá pessoas,

O ano está acabando e muitas leituras se passaram esse ano. Esse ano eu comecei a ver a literatura de uma maneira diferente, até tem um artigo que eu escrevi aqui no blog sobre isso. Depois da faculdade eu passei por uma ressaca literária que durou anos. Isso foi muito triste porque eu parei ABSOLUTAMENTE de ler. Voltei àquela uma fase da minha vida em que eu não lia nada e isso me deixava triste, com uma sensação de retrocesso. Mas graças a God isso passou, e estou lendo mais do que nunca agora.

DSC00858

2015 marcou a minha volta para o mundo dos leitores assíduos, e eu comecei devagar. Tanto porque esse ano eu só li livros mais leves: ya, fantasias e nada muito literário clássico, pra sair da depressão de vez. Também porque comecei o ano lendo um livro por mês e terminei lendo ~pasmem~ SETE! E fui aos poucos me conhecendo como leitora e escolhendo livros que tem mais a ver comigo, tanto que a maioria dessa lista eu li do meio do ano pra cá.

Então aqui estão eles. EIS AQUI OS MELHORES LIVROS QUE EU LI EM 2015. (A maioria tem resenha aqui no blog, e eu fui colocando o link no post).

1. OS TRÊS – SARAH LOTZ

DSC00870

Como eu já disse, no começo do ano eu ainda estava me conhecendo como leitora de obras mais populares e descobrindo que tipos dessas obras eu gostava. Mas, apesar de ser medrosa, eu já sabia que terror era uma delas. E que terror é esse? Esse livro foi uma leitura maravilhosa que me surpreendeu muito! Pela qualidade da escrita, o detalhamento da forma da obra e o conteúdo super original. Não tem nada de clichê, nada de mal feito, nada pra reclamar. Com certeza um dos melhores livros que eu já li na vida! Fiz uma resenha mais detalhada dele aqui para o Especial de Halloween do blog.

2. STOLEN: CARTA AO MEU SEQUESTRADOR – LUCY CHRISTOPHER

32Enquanto o meu primeiro favorito eu li em janeiro, o segundo só veio em maio. Stolen é um YA contemporâneo de romance, gênero que é um dos meus terrores literários! Nunca pensei que eu fosse gostar tanto de um livro desse tipo a ponto de não largar até terminar. To devendo resenha dele aqui no blog, mas em resumo é a história de uma adolescente que é sequestrada por um homem um pouco mais velho (20 anos), sem explicação aparente. Convivendo com ele em um local totalmente isolado, ela começa a se afeiçoar e até entender os motivos dele. O que eu mais gostei desse livro é que a autora faz com que o leitor desenvolva a famosa Síndrome de Estocolmo junto com a personagem. Embora fique claro que o homem é doente, aos poucos vamos entendendo os motivos dele e até mesmo vendo sentido na sua loucura. O final é muito… nem tenho palavras. Daria tudo para ter uma continuação. Dei quatro estrelas bem egoístas, porque queria um final diferente rsrsrs. Mesmo sendo 4 estrelas, foi um dos meus preferidos.

3. FEITIÇO – SARAH PINBOROUGH

DSC00862

Eu comprei o box da Saga Encantadas não esperando muita coisa, mas a história me surpreendeu muito. Embora o começo seja um pouco lento, eu amei todos os livros, principalmente o segundo: Feitiço. É uma recontagem mais adulta dos contos de fada que não é nada clichê e ao mesmo tempo não viaja na maionese tanto a ponto de descaracterizar os contos. A autora soube trabalhar muito bem, remodelando os personagens e a história, mas mantendo sua essência.

4. COROA DA MEIA-NOITE – SARAH J. MAAS

DSC00872

E as Sarahs estão com tudo! Não pude usar o meu Coroa da Meia-noite na foto porque ele está emprestado, mas usei o Trono de Vidro para representá-lo. O livro é o segundo da série Trono de Vidro, confesso que eu esperava mais da série em si, mas no geral eu gostei. Pra mim o Coroa da Meia-noite foi o melhor! Aquele livro que eu não consegui largar e que teve exatamente a dose certa de: humor, drama, aventura, mistério e romance. Mereceu 5 estrelas. Tem resenha aqui no blog.

5. GAROTA EXEMPLAR – GILLIAN FLYNN

DSC00868

Apesar de não ser um dos meus preferidos da vida, eu me surpreendi muito com esse livro e a escrita da autora. Mesmo já sabendo da grande reviravolta da história, eu amei. A construção de personagens da Gillian Flynn é inacreditável nesse livro. Você simplesmente não consegue prever e categorizar esses personagens. Super complexos, nada clichês, nada previsíveis. É incrível! Com certeza muito bem escrito. Esse livro também participou do Especial de Halloween aqui no blog, e tem uma resenha que eu surto em detalhes.

6. FEITA DE FUMAÇA E OSSO – LAINI TAYLOR

DSC00874

E agora temos o livro que quase (ou não, não sei) desbancou Harry Potter do topo da minha lista de livros preferidos. Foi simplesmente O MELHOR LIVRO DO ANO! Um dos melhores livros da vida. Não tenho nem palavras. Toda a vez que eu começo a tentar explicar sobre esse livro eu começo a surtar e não explico nada. Apenas LEIAM! É a fantasia perfeita. Se quiserem saber mais leiam a minha resenha em que eu consegui controlar o meu surto psicótico e falei sobre o livro.

7. E NÃO SOBROU NENHUM – AGATHA CHRISTIE

DSC00861

Eu estava louca, pirada pra ler esse livro. Ai eu comecei a ler, achei o começo meio parado, e coisa e tal. Ai os personagens chegaram na ilha. E pá! Baixou a Maria Angélica e eu devorei o livro. Meu deus, sabe aquele livro que você sente que não pode voltar a viver sua vida até acabar? Pois é. Sabe também aquele livro que tem um mistério tão louco que deixa sua cabeça em frenesi? E que você faz mil e uma teorias e a autora vai desconstruindo todas? E que chega nas últimas páginas e VOCÊ AINDA NÃO SABE O QUE VAI ACONTECER NO FINAL? Então, é esse aqui. Simplesmente na última página é que você vai saber e até lá você vai ter um treco. É sensacional! Resenha aqui.

8. O OCEANO NO FIM DO CAMINHO – NEIL GAIMAN

DSC00864

E finalmente chegou a vez dos homens nessa lista. Neil Gaiman chegou de fininho e acabou com a minha vida. Todo mundo fala pra não começar a lê-lo por esse livro, mas gente… sensacional! Esse livro entrou dentro da minha alma e arrancou as minhas entranhas pra fora. Meu Deus esse homem é genial! Se um dia ele publicar a lista de mercado dele escrita em um rolo de papel higiênico, eu vou querer ler. Fiz resenha desse também.

9. A QUINTA ONDA – RICK YANCEY

image001-1

Olha aí um homem que escreve YA. Difícil de ver, né? E escreve muito bem. Acho que é um dos melhores YA que eu já li. Todos os clichês YA são tão bem trabalhados, que nem parece clichê. Adorei a escrita, os personagens, a história, a introspecção, a aventura. Provou pra mim junto com a Laini Taylor que YA pode ter muita qualidade sim! Só quero que saia logo o último livro. Resenha aqui.

10. EU, ROBÔ – ISSAC ASSIMOV

DSC00866

Eu amo ficção científica, mas não é um gênero muito comum na maioria das vezes. É difícil ver um livro ou filme bom, que não seja meio trash e mal feito. Mas cara, onde se escondia esse homem? Assimov é o pai da ficção científica na literatura, principalmente ficção sobre robôs. Ele aborda a questão da robótica de uma forma bem existencialista e humanista. Amo muito. Ele faz quase que uma mapeamento psicológico da inteligencia artificial e relaciona com a nossa inteligencia. É maravilhoso, me surpreendeu muito. Resenha aqui.

DSC00860.JPG

Em geral 2015 foi um ano de leituras muito boas pra mim e que eu li muito. Além desse, tiveram muitos livros que eu gostei como: Morte Súbita da J.K. Rowling, A menina que roubava livros, Suicidas do Raphael Montes, O livro dos Sith, O Mar Infinito,  etc. Mas quis focar nos melhores dos melhores mesmo.

Esperam que tenham gostado. Me contem quais foram os melhores livros que vocês leram em 2015.

Beijos e Bom Ano Novo.

Resenha: Feita de Fumaça e Osso

DSC00746Olá Pessoal, tudo bom?

Estou dando pulinhos de alegria. Mal podia esperar para fazer a resenha desse livro aqui pra vocês. Como já estou prevendo que vai ficar gigante melhor começar logo.

Feita de Fumaça e Osso

Porque eu li: Esse livro foi recomendação da Bia do Na sua Estante e da Gelly do canal Vamos Ler.

Como eu li: Esse foi o primeiro livro que eu “li” em audiobook e amei a experiência. Há algum tempo que eu estou me forçando a ir na academia, coisa que eu mais odeio na vida. Em um dia de outubro eu queria muito faltar pra poder ler e pois não consigo de jeito nenhum me concentrar em livro físico enquanto malho. Ai que eu tive a brilhante ideia de baixar o Audible (fiz um post sobre aqui) e ouvir um livro. O livro escolhido foi então Feita de Fumaça e Osso. Melhor escolha que eu já fiz na vida. Vale dizer que os audiolivros desse serviço são todos em inglês. E eu estou ouvindo/lendo a série em inglês.

DSC00752

O espaço: Primeiro preciso dizer que não sei como começar a resenha dessa história maravilhosa, simplesmente porque pra mim TUDO é spoiler. Uma das experiencias mais gostosas pra mim nesse livro foi mergulhar nele sem saber nadinha. Por isso meu conselho é: não procurem ou leiam muitas sinopses antes de ler.

Então vou simplesmente dizer que a história se passa principalmente em Praga, o que eu amei e foi muito interessante (vou gritar se tiver que ler mais uma história que se passa nos Estados Unidos =S) e em “Outro Lugar”, e aqui eu deixo esse mistério.

A história: Bom vamos lá, para mim o resumo da história faz ela parecer um pouco boba porque é bem simples e talvez clichê. O que faz essa história maravilhosa é o modo como a autora a conta, como ela vai abordando e construindo aos poucos o enredo. Mas, vou tentar explicar o mínimo pra não estragar nem a experiencia de vocês, nem a resenha.

Karou é uma garota normal e diferente ao mesmo tempo. Ela estuda arte e faz desenhos lindos de algumas criaturas estranhas os quais ela compartilha com sua amiga Zuzana. Paralelamente a sua vida normal, ela faz alguns “trabalhos” para a sua “família” que vive em Outro Lugar. E sim, é só isso que eu vou contar =X

DSC00756

Personagens:

Karou vive em Praga e estuda arte. Ela tem cabelo azul, já morou em vários lugares do mundo, tem várias tatuagens, fala vários idiomas e tem um colar de contas muito interessante que pode realizar pequenos desejos. Ela também não sabe de onde ela veio ou quem são seus pais. As únicas pessoas que ela conhece como família e que cuidam dela desde quando ela se lembra são as “pessoas” de Outro Lugar.

Zuzana é a melhor amiga de Karou que estuda com ela no Instituto de Arte. Ela é muito engraçada e uma personagem muito interessante. Gosto muito que a personagem não “some” na história quando começam os problemas e a personagem principal “embarca” na parte fantástica da história, o que geralmente acontece. Mas, Zuzana não, ela continua acompanhando e ajudando a Karou na medida do possível, ela até fica sabendo dos “segredos” da Karou e do universo fantástico que ela faz parte. Achei isso bem peculiar, nunca tinha visto em outro livro antes.

Brimstone é uma figura paterna para Karou. Ele faz parte de sua “família” em Outro Lugar, junto com Issa, Twiga e Yasri. Ele é muito severo e sábio, mas tem um grande apreço pela Karou. Não vou dizer mais nada apenas: MELHOR PERSONAGEM!

Akiva aparece um pouco repentinamente na história e faz você pensar: ai que saco, um personagem para encher linguiça, não quero, volta pro núcleo principal por favor. Mas depois garanto que você vai se apaixonar por ele. Muito.

Desenvolvimento: Se eu pudesse descrever o desenvolvimento dessa história em uma palavra seria: Perfeito. A autora desenvolve de uma maneira linda; fluída e constante. Ela vai dando as informações e resoluções aos poucos para o leitor e todos os elementos fantásticos vão se encaixando de forma impecável. Ouso dizer que a história é tão bem acabada que só falta um laço no final.

DSC00754

O que eu achei: Preciso dizer que o que eu achei? Acho que vocês já entenderam, né? Além desse desenvolvimento lindo, vale a pena mencionar sobre a escrita. Laini Taylor escreve de uma maneira bem refinada e trabalhada, mas não difícil de ler. Ela tem uma preocupação com a escolha de palavras que é raro se ver em livros YA. Torna a leitura muito bonita e prazerosa, como se estivéssemos lendo poesia. Confesso que mais de uma vez tive que checar vocábulos (em inglês) no dicionário o que nunca aconteceu antes em livros YA. Ela simplesmente consegue usar palavras simples e rebuscadas ao mesmo tempo.

Também preciso mencionar a qualidade incrível da narração de Khristine Hvam no audiobook. Não sei se ela é tcheca, mas ela fazia o sotaque dos personagens perfeitamente; não só dos personagens de Praga quanto dos de outros lugares do mundo, além de que cada personagem fantástico tinha um modo de falar e sotaques diferentes. Ela variava timbres de voz, maneiras de falar dos personagens de modo que você sabia quem estava falando sem ajuda do narrador. Achei maravilhoso!

DSC00750

Considerações finais: LEIAM ESSE LIVRO! Garanto que vocês vão se surpreender com a construção dos personagens, da história, do mundo fantástico, do desenvolvimento, dos elementos, TUDO. Sabe aquele livro que você não tem do que reclamar? Eu sei que isso é pessoal, já ouvi muitas críticas de que o livro é arrastado e difícil de entender. Realmente é um livro bem complexo com um mundo fantástico bem denso, mas ainda sim é YA e não senti dificuldade alguma. Prometo que vocês vão vibrar muito a cada revelação e a cada capítulo. E quando vocês entenderem o título, vocês vão chorar de emoção! É uma história muito bem construída mesmo, que merece uma chance. Recomendo muito também o audiolivro embora seja necessário um inglês mais fluente.

Esse livro se tornou um dos meus livros preferidos. Eu dei 5 estrelas. Favoritadíssimo.

Dias de Sangue e Estrelas

Sendo a personificação da ansiedade que eu sou, assim que terminei o primeiro livro já corri pra gastar todo o dinheiro que eu não tinha (credit card) em um box rico capa dura da série.

DSC00739

Então assim que acabei “Feita de Fumaça e Osso” (FDFEO), eu imediatamente comecei o segundo livro “Dias de Sangue e Estrelas” (DDSEE) em “Buddy read” com a Bia que tinha me indicado o primeiro e  ainda não tinha lido o segundo. Já vou falar um pouquinho dele aqui porque os tópicos que eu escreveria não iriam mudar muito pra eu fazer uma resenha separada. E assim que eu ler o terceiro, pretendo fazer uma mini resenha dizendo o que achei da conclusão da história.

Considerações sobre DDSEE: Achei o livro um pouco lento no começo. A história parece que demora pra começar sabe? O primeiro livro termina de um jeito que deixa a gente louco pra saber o que aconteceu com a Karou e a autora demora demais pra colocar ela no segundo livro. Essa lerdeza me fez, mesmo apaixonada pela história, demorar bastante para terminar.

DSC00761

A partir da segunda parte, começa a desandar a história e espere por muitas surpresas e reviravoltas do meio pro final. Gostei muito do personagem do Thiago nesse livro, embora ele não seja nem um pouco legal. Mesmo assim, eu não gostei tanto quanto o primeiro. O livro tem partes muito mais chocantes e surpreendentes, mas acho que a autora poderia ter condensado um pouco mais a história, tirado alguns personagens que não fez sentido estarem ali e colocado um pouco mais de ação. Tanto que achei melhor esperar um pouco para começar o terceiro e o maior da série.

Eu dei quatro estrelas para Dias de Sangue e Estrelas. Assim que eu ler Sonhos de Deuses e Monstros, eu posto dizendo o que eu achei.

Vocês já leram essa série? Se sim me deixem nos comentários o que acharam, se não me digam se querem ler, ou deixem sugestões de fantasias que vocês gostam.

Beijos

Novidades de Novembro/Outubro

Olá Pessoas,

Eu queria contar pra vocês aqui nesse post de algumas coisas novas que eu curti em outubro, mas que por causa da programação do blog não deu pra eu vim aqui contar.

1. A primeira coisa foi que eu descobri o livro da minha vida. Feita de Fumaça e Ossos.

DSC00742

Depois de todo o desgosto que eu tive ouvindo as pessoas falarem mal do 3º e 4º livro da série trono de vidro, eu acabei abandonando completamente o terceiro “A herdeira de fogo” (que eu abandonei por vontade própria inicialmente e ainda pretendo ler esse ano) e cancelando a compra que eu já havia feito do 4º livro “Queen of Shadows”. Mas, ai eu encontrei uma fantasia mais legal ainda para me apaixonar e fiquei tão feliz. Amei, amei, amei esse livro. Pretendo fazer muitas resenhas dando pulinhos de alegria.

2. Outra coisa que rolou no mês foram os trailers finais de Star Wars.

Eu confesso que só assisti um acabei assistindo só quando fiz esse post porque eu fui pegar o link e não resisti (e chorei de novo).  Eu tenho medo porque ás vezes TEM SPOILERS NO TRAILER, principalmente em trailers muito longos e eu sou chata mesmo (o trailer de Thor e o mundo sombrio acabou com a minha experiência de assistir o filme).

Eu comprei os ingressos no dia que abriu e mesmo assim já tava quase esgotado, mas eu garanti os meus. Estou ansiosa! Tenho certeza que vou chorar mais do que em Diários de uma Paixão.

3. Saiu a música nova da Adele! Eu amo essa mulher. Admiro mesmo. Ela tem uma voz maravilhosa e já tava na hora de ela lançar um cd novo, né?

4. Quem me acompanha sabe que eu gosto mesmo é de Taylor Swift, mas por falta de ter o que ouvir eu sempre dou uma olhadinha quando esse pessoal famosinho lança músicas novas. Em outubro saiu o novo albúm da Selena Gomez “Revival” e da Demi Lovato “Confident”.

111571w570           demi-lovato-confident-capa-maze-blog-750x750

Admito que eu sempre gostei mais da Demi. Embora eu não seja muito fã, em todos os álbuns tem alguma música que eu gosto muito. Já a Selena eu gosto das música, mas acho muito repetitivas. Já dessa vez eu achei ao contrário. Achei o álbum da Demi muito eletrônico e as músicas sem muita inteligência assim, e não faz meu estilo. Já o da Selena gostei um pouquinho mais, mas vou continuar ouvindo para ver se começo a gostar.

5. The Tudors

Desde que eu fui pra Inglaterra, eu fiquei obcecada pela história inglesa e por toda sucessão da monarquia, então eu resolvi continuar essa série maravilhosa que eu tinha abandonado a bastante tempo pois eu acompanhava pela TV e isso é sempre complicado, além de ter que ficar esperando novas temporadas.

Henry_Cavill_The-Tudors_promo_10

Comprei todos os dvds e to assistindo que nem louca. E se tudo isso não te der vontade de assistir, lembrem que tem o Jonathan Rhys Meyers e o Henry Cavill pra olhar. Esperem que um post sobre filmes e séries sobre a monarquia inglesa está vindo e talvez em duas partes porque está ficando gigante.

O que vocês estão ouvindo, lendo e assistindo? Me contem nos comentários.

Beijinhos 😉